Aristóteles

Grécia Antiga
-384 // -322
Filósofo

As Uniões Necessárias

A primeira união necessária é a de dois seres que são incapazes de existir um sem o outro: é o caso do macho e da fêmea tendo em vista a procriação (e essa união nada tem de arbitrária, mas como nas outras espécies animais e nas plantas, trata-se de uma tendência natural a deixar atrás de si um outro ser semelhante); é ainda a união daquele cuja natureza é comandar com aquele cuja natureza é ser comandado, tendo em vista a sua conservação comum.

Aristóteles, in 'A Política'




Facebook

Inspirações

Atreve-te

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE