Gustavo Santos

Portugal
n. 27 Mai 1977
Life Coach

Dar é Viver

Dá-te.

Dar é viver.

Ninguém, por muito pouco que receba, viverá em alegria se não der nada a ninguém. Dá-se um sorriso, uma mão, um beijo, um abraço, um conselho, uma ideia, uma palavra, uma hora, duas ou três, de silêncio ou de ouvidos em alerta para o outro poder desabafar, chorar ou libertar-se. Dá-se boleia, dão-se sugestões, brinca-se, dá-se o corpo, dá-se prazer, dão-se pistas, dá-se tanta coisa. Tanta coisa que custa zero mas vale tanto. E quanto mais dermos de nós, mais recebemos. Nem sempre daqueles a quem damos, é um facto, faz parte da experiência de aprender a lidar com a expectativa, o apego e a cobrança, mas se dermos de coração, e só porque nos faz sentir bem, recebemos sempre e quase sempre de onde menos esperamos.

Quando somos incondicionais podemos ser surpreendidos a qualquer momento.

É tão bom. Sabe tão bem. Dar e nunca saber de onde podemos vir a receber. Torna os dias surpreendentes. A vida agiganta-se. Acaba-se a agonia do «tem de ser» e de repente é tudo novidade. É como dizer «Amo-te» a alguém que amo, e porque o senti naquele instante, e não ficar à espera de ouvir o mesmo dessa pessoa no segundo a seguir. É libertador. E sabes porquê, porque de repente recebo uma mensagem de alguém que também amo a dizer-me precisamente isso ou passo pela rua e uma estranha sorri-me como se me amasse há não sei quantas vidas. Isto é magia. Agora pensa no contrário. E se ficares à espera de ouvir o mesmo «Amo-te» que disseste da pessoa a quem o disseste? E se essa pessoa leva mais que um segundo a dizê-lo? E se simplesmente, por razões que nem imaginas, não sair nada? Fazes um filme, certo? Mas um filme de terror. Ficas inseguro, desconfiado e ainda vais cobrar o facto de não o teres ouvido no instante em que seria certo para ti ouvi-lo. Pergunto-te, amas mesmo essa pessoa? Ou disseste-o para poderes ouvi-la dizê-lo?

Não sejas feio, para não dizer parvo, ò parvo. Não sejas condicional. Não manipules. Podes fazê-lo, mas aparvoas. Diz se o sentires e ponto final. Vai à tua vida. Essa pessoa pode surpreender-te quando menos esperares e tudo vai fluir a partir do momento em que entregas, sem condições, o teu amor ao universo.

Confia.

Sempre que te dás incondicionalmente, mostras que te sentes bem contigo.

Gustavo Santos, in 'Ama-te'




Facebook

© Copyright 2003-2018 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE