Manoel de Oliveira

Portugal
11 Dez 1908 // 2 Abr 2015
Cineasta

Estou Habituado a que Recebam Mal os Meus Filmes

Estou habituado a que recebam mal os meus filmes e isso não me altera, nem altera nada do que penso sobre o cinema. Eu reprovo o prémio da competição. Os Óscares, por exemplo, até porque são dados a filmes de sucesso. Gosto mais dos prémios que são dados ao filme como coisa artística. Esse prémio de competição está bem no futebol, que um mete mais golos que o outro. Mas já dizia o Rembrandt quando apresentou o seu quadro "A ronda da noite" à sociedade – fizeram muita troça, ele veio desconsoladíssimo –: "O militar conhece a sua glória na vitória, o comerciante reconhece a sua glória nos lucros do comércio, mas o pintor, o artista, onde é que ele a vai reconhecer?". Não há nada que determine exactamente. A arte é especial. Há uma só lei: o tempo. O tempo é o grande juiz, é o grande juiz de tudo.

Manoel de Oliveira, in 'Selecções do Reader's Digest, 2005'




Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE