Fernando Pessoa

Portugal
13 Jun 1888 // 30 Nov 1935
Poeta

Felicidade e Ideal

O único homem feliz é o que não toma nada a sério. Quanto mais as cousas se tomam a sério, mais infeliz se é. O que toma a sério a sorte da humanidade é quase o mais infeliz de todos os homens... quase, porque o que toma a sério a sorte do mundo e o enigma do universo é ainda mais infeliz.
(...) São tão inferiores as criaturas que se dedicam a um ideal! Só são superiores àquelas que não se dedicam a ideal nenhum. O homem verdadeiramente superior é aquele que gostaria de ter ideais. Não os pode ter por ser superior a tê-los.

Fernando Pessoa, in 'Reflexões Pessoais'




Facebook

Inspirações

A Hora Mágica

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE