Marco Aurélio

Roma Antiga
26 Abr 121 // 17 Mar 180
Imperador Romano

Glória Efémera

O que se entrovisca com a glória póstuma não se apercebe de que cada um dos que se hão-de lembrar dele bem depressa morrerá por sua vez, depois por seu turno o que lhe suceder no lugar vazio, até que toda a lembrança por completo se extinga, ao passar de um a outro, como brandões acesos que se apagam. mas supõe que são imortais os que houverem lembrança de ti, e imortal a tua fama: que te importa isso? Não digo ao morto que serás, nada te aproveita; mas ao que vive, que lhe importa ser louvado? - A não ser que vejas nisso algum interesse político.

Marco Aurélio (Imperador Romano), in 'Pensamentos'





Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE