Gustavo Santos

Portugal
n. 27 Mai 1977
Life Coach

O Amor-Próprio é o Caminho dos Não-Egoístas

O amor-próprio é o caminho dos não-egoístas.

Amas-te quando perdoas quem te magoa. Amas-te quando aceitas o que não controlas. Amas-te quando transformas o mau em bom. Amas-te quando tens a habilidade de te colocar na pele do outro.

O que ganhas quando não perdoas? O que trazes à tua vida quando não aceitas? Com o que ficas quando escolhes viver ligado à maldade? O que conheces além do teu ego quando não te predispões a sentir o coração de quem te rodeia?

Só uma pessoa que se ame tem a capacidade de sair de si mesma sem esperar que nada nem ninguém ocupe o seu lugar na sua ausência. Só uma pessoa que honre cada vontade sua tem a habilidade para ser o contributo de que os outros precisam, tem o abraço que os outros desejam, tem a palavra que os outros necessitam de ouvir.

Só uma pessoa alinhada com a sua essência tem a destreza suficiente para não pensar só nela.

E não adianta ser com os outros o que não somos connosco, dar-lhes o que não nos damos a nós e fazer-lhes o que não fazemos connosco, não adianta. Não adianta porque se assim formos, se assim dermos e se assim fizermos, será tudo na condição de recebermos algo também; logo, estaremos a ser egoístas. Estamos a ser, a dar e a fazer, mas a pensar no que vamos recebe em troca. Estamos, única e eternamente, a pensar só em nós.

Ora quem se ama, quem se honra, quem vive alinhado com o seu divino é dá e faz por si, porque é da sua natureza ser amor, dar amor e fazer amor. E é por isso que o único caminho é o amor-próprio. Só ele nos permite aceder ao melhor de nós, logo, ao melhor para os outros.

Em cada dia que nasce, nascem também mil oportunidades de vivermos em abundância, de escolhermos em amor e de sermos a sua expressão, a sua extensão, o seu olhar, os seus braços, o seu colo, tudo. E é tão simples. Basta acordar e agradecer a noite que passou ou o dia que está prestes a começar, basta abraçar quem estiver ao nosso lado ou fechar os olhos e sentir o enorme aconchego da vida, basta tomar o pequeno-almoço que amamos, estar com quem queremos, fazer o que nos apetece entre todas as obrigações e responsabilidades que temos, elogiar porque sabe bem, sorrir mesmo a quem nos olha de lado, conviver com a natureza, brincar, dizer disparates, enfim, tudo porque tudo é amor quando escolhes ser quem verdadeiramente és.

E quando és, é-te muito mais fácil perdoar, aceitar, transformar e abraçar os medos dos outros. É-te muito mais simples identificar o caminho e misturares-te com a essência da vida. E quanto mais fores e melhor o fizeres, mais preparado estarás para contribuir e inspirar, mais motivos terás para continuar a ser essa centelha divina que toca e transforma a escuridão em luz.

Nunca te esqueças: quem se ama, ama tudo, ama todos; quem não se ama faz tudo para ser amado.

Gustavo Santos, in 'Ama-te Nível 2: Assumir a Alma'




Facebook

Inspirações

Amar e Ser Amado

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE