Cesare Pavese

Itália
9 Set 1908 // 26 Ago 1950
Escritor

O Instinto Trabalhado

Só pode inspirar a acção, servir de credo, o pensamento que se tenha tornado maquinal, instintivo. Perigo de nos analisarmos demasiadamente: as veias vivas do temperamento ficam, dessa maneira, excessivamente dilucidadas e tornadas maquinais, devido à familiaridade. O que é preciso, pelo contrário, é a arte de dar livre curso aos impulsos espirituais, deixando-os agir, mecanicamente, sob o estímulo. Há o manual do catecismo - por de mais conhecido e postiço - e o maquinal do instinto. É preciso favorecer, explorar, reconhecer e apoiar o instinto, sem lhe roubar o vigor por meio da reflexão. Mas é preciso reflectir nele, para o acompanhar na acção e substituí-lo nos momentos de surdez.

Cesare Pavese, in 'O Ofício de Viver'




Facebook

Inspirações

A Vida Real

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE