Francis Bacon

Inglaterra
22 Jan 1561 // 9 Abr 1626
Filósofo, Ensaísta, Politico

Saber Estar em Sociedade

O homem que não tem mais do que o próprio valor necessita de ser excelente em grande número de virtudes, tal como a pedra que não é preciosa necessita de ser revestida de metal; mas comummente acontece com a reputação o mesmo que com o lucro, se é verdadeiro o provérbio que diz: que com leves ganhos se fazem pesadas bolsas, porque estes são frequentes, enquanto os grandes só chegam de vez em quando; assim, também é verdade que pequenas coisas ganham grande recomendação, porque são de uso e de observação corrente, enquanto a ocasião de manifestar grandes virtudes só é dada nos dias-santos. Para adquirir boas maneiras basta apenas não as desdenhar, porque, habituando-nos a observá-las nos outros, deixamos confiadamente operar em nós a imitação; pois se cuidarmos de as exprimir, perdem logo a sua graça, a qual é serem naturais e desafectadas. O comportamento de cada homem deve ser como um verso, no qual todas as sílabas são medidas. Como pode um homem ocupar-se de grandes assuntos, se quebra demasiado o seu espírito com mesquinhas observações? Não usar completamente de cerimónias é ensinar aos outros que não as usem também, e assim diminuir o respeito próprio; especialmente, não devem ser omitidas perante estrangeiros e pessoas desconhecidas.
Entre pessoas de igual posição há a certeza de se cultivar familiaridade, mas não deixa de ser bom conservar uma certa distância; entre inferiores, há a certeza de encontrar uma certa deferência, e no entanto não será mau ser um pouco familiar. O que é demasiado seja no que for, o que dá aos outros impressão de saciedade, descresce rapidamente de valor. Ser prestável aos outros é bom, com a condição de que se mostre que se procede assim por deferência e não por hábito. É um bom preceito o de acrescer alguma coisa da própria lavra quando se secunda a opinião de outrem; se concordades com a opinião alheia, acrescentai todavia uma distinção subtil; se desejardes acompanhar alguém no seu propósito, fazei-o sempre com uma condição; se aceitardes alheio conselho, alegai para isso a vossa razão.

Francis Bacon, in 'Ensaios'




Facebook

Inspirações

O Tamanho da Mãe

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE