Gustavo Santos

Portugal
n. 27 Mai 1977
Life Coach

Saber Ouvir os Outros

Saber ouvir não é deixar cair a cabeça em concordância com tudo o que é dito nem é ficar estupefacto e inexpressivo enquanto o outro fala, é sim, e pelo contrário, perceber se quem se dirige a ti quer informar-te, partilhar ou desafiar-te sobre alguma questão a teu próprio respeito ou simplesmente apoderar-se da tua mente para tornar a sua mais forte com o intuito de te conseguir manipular a seu bel-prazer.

Consegues fazer a destrinça entre estes dois tipos de pessoas? E-te fácil distinguir um do outro?
Consegues identificar duas pessoas com quem recentemente tenhas conversado e com quem tenhas sentido realidades tão ambíguas como estas?
O que sentiste após cada conversa?
Agradeceste ao primeiro e expulsaste o segundo da tua vida ou culpaste o primeiro e resignaste-te perante o segundo?

É fundamental que consigas aperceber-te disto e é por isso que a inteligência emocional é um requisito tão importante para quando somos os recetores da verdade ou do ego de quem se dirige a nós. Nunca te esqueças do seguinte: independentemente daquilo que te possam dizer, és tu que permites que essa pessoa continue a fazer parte da tua vida, és tu que te pões a jeito porque levas essa pessoa demasiado a sério, és tu que ficas mergulhado nas piores emoções possíveis e és tu que continuas a sentir-te pessoalmente atingido. És sempre tu, nunca são os outros e é por isso que digo, redigo, escrevo e reescrevo sempre a mesma coisa: quanto mais culpares os outros, mais te enganas a ti próprio.

És tu quem dá o significado àquilo que o outro diz, és tu quem coloca ou não aquilo que eu digo acima daquilo que tu sentes a teu próprio respeito.

Gustavo Santos, in 'A Força das Palavras'




Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE