James Joyce

Irlanda
2 Fev 1882 // 13 Jan 1941
Escritor

Só Ouço a Tua Voz

Minha querida Nora,
Acabou de dar a uma. Voltei para casa às onze e meia e passei as últimas horas sentado numa poltrona, como um idiota. Não consegui fazer nada. Só ouço a tua voz. Estou como um tolo a ouvir-te chamar-me «Querido». Ofendi hoje dois indivíduos ao abandoná-los friamente. Era a tua voz que eu queria ouvir, não a deles.
Quando estou contigo, ponho de parte a minha natureza desconfiada e desdenhosa. Gostava de sentir a tua cabeça no meu ombro. Acho que me vou deitar.
Passei meia hora a escrever isto. Escreves-me qualquer coisa? Espero que sim. Como vou assinar? Não assino, porque não sei com que nome assinar.

James Joyce, in 'Cartas a Nora (15 de Agosto de 1904)'




Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE