34 Textos

<<

A Razão (21)

A razão é a suprema união da consciência e da consciência de si, ou seja, do conhecimento de um objecto e do conhecimento de si. É a certeza de que as suas determinações não são menos objectais, não ...

A Racionalidade como Solução de Todos os Males do Mundo (22)

A racionalidade pode ser definida como o hábito de considerar todos os nossos desejos relevantes, e não apenas aquele que sucede ser o mais forte no momento. (...) A racionalidade completa é, sem dúv...

O Verdadeiro Emprego da Nossa Razão (23)

De resto, o verdadeiro emprego da nossa razão para a conduta da vida não consiste senão em examinar e considerar sem paixão o valor de todas as perfeições, tanto do corpo quanto do espírito, que pode...

Fé No Sentimento (24)

A razão age com lentidão, e com tantas vistas, sobre tantos princípios, os quais é mister estejam sempre presentes, que a todo o instante adormece ou perde-se, deixa de ter todos os seus princípios p...

A Felicidade de uma Razão Perfeita (25)

Creio que estaremos de acordo em que é para proveito do corpo que procuramos os bens exteriores; em que apenas cuidamos do corpo para benefício da alma, e em que na alma há uma parte meramente auxili...

A Única Qualidade Específica do Homem (26)

Esforça-te por que não te suceda o mesmo que a mim: começar os estudos na velhice. E esforça-te tanto mais quanto enveredaste por um estudo que dificilmente chegarás a dominar mesmo na velhice. «Até ...

A Mente Universal (27)

A mente universal manifesta-se na arte como intuição e imaginação; na religião manifesta-se como sentimento e pensamento representativo; e na filosofia ocorre como liberdade pura de pensamento. Na hi...

Ter Razão é uma Questão de Explicações (28)

Havia que ser um fanático para querer ter sempre razão. Ter razão era sobretudo uma questão de explicações. O homem intelectual tornara-se uma criatura explicativa. Toda a gente explicava, os pais ao...

A Razão e o Entendimento (29)

Houve muita gente que se ocupou da crítica da razão. Por mim, gostaria que dispuséssemos de uma crítica do entendimento humano. Seria por certo um benefício para a nossa espécie poder-se demonstrar d...

A Disposição da Razão (30)

Não são apenas as febres, as beberagens e os grandes infortúnios que abatem o nosso julgamento; as menores coisas do mundo o transtornam. E não se deve duvidar, ainda que não o sentíssemos, que, se a...

A Razão ao Serviço do Instinto (31)

O homem é um ser que tem necessidades na medida em que pertence ao mundo sensível, e, a esse respeito, a sua razão tem certamente um encargo que não pode declinar em relação à sensibilidade, o de se ...

Razão afectada pelo Desejo (32)

O homem que deseja agir de certa forma se persuadirá que, assim procedendo, alcançará algum propósito que considera bom, mesmo que não vise motivo algum para pensar dessa forma, se não tivesse tal de...

O Indivíduo não é Simplesmente Racional (33)

O homem concreto, o indivíduo, não é simplesmente racional. Certamente não é privado de razão, mas possui-a num grau mais ou menos elevado; talvez jamais chegue à posse total da razão inteira; não é ...

O Inconveniente da Razão (34)

O filósofo Pírron, encontrando-se num barco num dia de grande tormenta, mostrava aos que via mais apavorados ao seu redor um porquinho que lá estava, nem um pouco preocupado com aquela tempestade, e ...
<<

Facebook

.
© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE