7 Textos



Um Silêncio Cauto e Prudente é o Cofre da Sensatez (1)

- (...) Vós quereis tentar a sorte na grande cidade, e sabeis bem que é lá que deveis gastar essa aura de valentia que a longa inacção dentro destas muralhas vos houver concedido. Procurareis também ...

O Valor do Silêncio (2)

Tantos querem a projeção. Sem saber como esta limita a vida. Minha pequena projeção fere o meu pudor. Inclusive o que eu queria dizer já não posso mais. O anonimato é suave como um sonho. Eu estou pr...
A Descoberta do Mundo

Porque Não Te Calas? (3)

O silêncio - porque não te calas? Decerto, como depois da morte, cair-te-á em cima uma horda de malfeitores que se defendem na calúnia e no insulto para seres tu a defender-te da ofensa deles. Ser o ...
Escrever

O Silêncio não Existe (4)

O silêncio não existe porque é o constante rumor de uma inexistência. O que se ouve, para além do movimento da cidade, é o monótono murmúrio do nada. Apenas sombra de nada, quem nele procura um apelo...

Perpetuar o Silêncio (5)

Já nada há de inofensivo. As pequenas alegrias, as manifestações da vida que parecem isentas da responsabilidade do pensamento não só têm um momento de obstinada estupidez, de autocegueira insensível...

Ouvi-los a Todos, no Silêncio (6)

Detesto a acção. A acção mete-me medo. De dia podo as minhas árvores, à noite sonho. Sinto Deus - toco-o. Deus é muito mais simples do que imaginas. Rodeia-me - não o sei explicar. Terra, mortos, uma...

Avizinhar-se do Silêncio (7)

Creio que é absolutamente urgente revisitarmos com outro apreço os territórios dos nossos silêncios e fazermos deles lugares de troca, de diálogos, de encontros. O silêncio é um instrumento de constr...
O Pequeno Caminho das Grandes Perguntas


Facebook

Inspirações

Como Recordamos

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE