Anedota

O Cano da Água

— Zé, tem cudado que aí nesse sito passa o cano da água.
— Tá bem, senho Manel.
Momentos depois a picareta do Zé atinge o cano com o bico. Esparrinha água para todos os lados, entra na loja de fazendas, molha o Zé e os que estavam perto, aparece o capataz e grita:
— Atão é nã te disse que aí passava um cano?
— Disse, sim, senhora. Mas nã me disse a que horas!




Outros Anedota de +:

Facebook

Inspirações

O Preço da Alma

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE