Publicidade

Opinião de Leitura
Contos Fantásticos Contos Fantásticos

Autor: London, Jack

Leitor: António Manuel Venda

Opinião

   Jack London é um dos nomes grandes da literatura norte-americana e mundial.
   São quinze histórias onde o poder imaginativo de Jack London se revela a cada página, com o apelo ao entretenimento, mais até, ao encantamento, em cenários tão díspares como os de encontros com extraterrestres ou os de uma caçada a um mamute. Sempre entrando no universo psicológico das personagens, que ele soube explorar como poucos escritores. Por exemplo:
   «Ficou deitada no chão, com a cabeça apoiada num monte de cadernos. E nós nada podíamos fazer. O frio e a paralisia subiram-lhe desde as coxas até ao coração e, quando a alcançaram, ela morreu. Em quinze minutos, que eu contei pelo relógio, ela estava morta, ali, na minha aula. E era uma rapariga muito bonita, forte e saudável. Desde o aparecimento dos primeiros sintomas da peste até morrer só decorreram quinze minutos. Isto mostra como a peste escarlate era rápida.
   Porém, nesses escassos minutos que permaneci com a moribunda na sala de aula, o alarme alastrou a toda a universidade e todos os estudantes, milhares deles, abandonaram o anfiteatro e os laboratórios. Quando saí e me pus a caminho para ir informar o Presidente da faculdade sobre o que se passara, a universidade estava deserta. No campus viam-se alguns retardatários a dirigirem-se apressadamente para casa, dois dos quais a correr.»
   Jack London (ou melhor, John Griffith London) nasceu em San Francisco, em 1876 e morreu ainda novo, em 1916, em Glen Ellen.

   [Texto retirado da página de António Manuel Venda, www.antoniomanuelvenda.com, Secção 'Crónicas - O Livro da Semana']

Publicidade

Facebook
Publicidade

Publicidade

© Copyright 2003-2021 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE