Publicidade

Rui Nunes

Publicidade
Só é dizível o trágico. Não há uma literatura da felicidade. O que é trágico é o que tem relevo, é o que produz sombras, é o que recebe luz, é o que gera contrastes e é o que fascina.

MilFolhas (Público) / 20060212




Publicidade

Facebook
Publicidade

Inspirações

Atreve-te

Publicidade

© Copyright 2003-2021 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE