Publicidade

Cláudia Freitas

Publicidade
Nascemos originais e corremos o risco de nos irmos transformando em cópias. Provavelmente não estamos habituados a ver-nos como seres únicos e livres e os objectivos exteriores vão-se sobrepondo aos objectivos interiores. Realizarmo-nos na nossa singularidade, enfrentarmos os medos e descobrirmos o que para nós é verdadeiro e essencial, exige um maior grau de consciência e a aceitação da responsabilidade como condição da existência. Mas isso implica percebermos o que nos condiciona, tentarmos libertar-nos dos factores que nos bloqueiam.

Xis (Público) / 20060311




Publicidade

Facebook
Publicidade

Inspirações

Amor Sem Palavras

Publicidade

© Copyright 2003-2021 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE