Publicidade

Actualidades: Sociedade

151 Citações

<< >>

António Saraiva , José

Dizer-se que as pessoas hoje têm mais informação é uma ilusão: consomem, de facto, mais informação, funcionam como esponjas, mas depois não usam essa informação porque não produzem quase nada.

Tabu (Sol) / 20081115
Os grupos de pressão podem, durante períodos escassos ou longos, provocar o esquecimento, cultivar a omissão, propagar os amigalhaços. Mas não possuem um poder eterno: as coisas recompor-se-ão, e os melhores virão à tona.

Jornal de Negócios / 20081114

Rebelo Pinto , Margarida

Vivemos ainda - e quem sabe, se não para sempre - numa sociedade em que os homens mandam por fora e as mulheres mandam por dentro. São os homens que detêm os lugares de chefia, que governam o país, que protagonizam as revoluções. Mas são as mulheres que gerem o dinheiro da família, que tomam conta dos filhos e que mandam em casa. E, antes de tudo isso acontecer, foram as mulheres que criaram os homens e são as mulheres que os escolhem.

Sol / 20080913

Lourenço , Camilo

As crises fazem pelas sociedades aquilo que nem as melhores teorias económicas (ou de gestão) conseguem fazer: obrigam à mudança.

Jornal de Negócios / 20080703

Marques , Fernando

Em nome do progresso, as sociedades do ter alimentam a inveja, a ambição desmedida, o egoísmo, o medo, a vergonha, o orgulho e a corrupção, enquanto as sociedades do ser prosperam através do respeito, da comunhão, do humanismo, da compaixão e da coragem. As sociedades do ter aprofundam o fosso entre ricos e pobres, entre poderosos e «pés-descalços», enquanto as sociedades do ser tendem a repartir a riqueza com a máxima equidade.

Jornal de Notícias / 20080518
A globalização é um dado adquirido. A unilateralidade do processo deu origem a uma brutalidade que, por vezes, atinge a selvajaria. Só não vê quem não quer. Os retrocessos sociais são impressionantes. E a derrota dos conceitos de Esquerda absolutamente notórios.

Jornal de Negócios / 20080516

Lains , Pedro

Uma globalização não basta. São precisas duas: a das coisas materiais e a das pessoas e ideias.

Jornal de Negócios / 20080516
Andamos, há muitos anos, a viver de realidades cada vez mais virtuais, sem afeição recíproca, afastadas das pessoas, e criando modos de existir não coincidentes uns com os outros. A ideia de comunidade foi aniquilada, e o conceito de sociedade sofreu um desvio falho de determinações e, por isso, fatal. Que nos resta? Tentar compreender os sinais das novas gerações.

Jornal de Negócios / 20080509

Estanque , Elísio

Numa manifestação ou num comício pode criar-se uma identificação uniforme entre a multidão e o seu líder, susceptível de manipulação (e onde é que ela não existe?...). Porém, o que se perde em racionalidade individual ganha-se em identidade colectiva, em solidariedade e em capacidade de agir para a mudança. É na acção colectiva que se forjam os sentimentos de comunhão e de partilha sem os quais o espaço público e a própria política seriam apenas conceitos inócuos.

Público / 20080403

Moreira , Vital

A vulnerabilidade da opinião pública ao enviesamento informativo e opinativo é tanto maior quanto mais atávica for a propensão para o derrotismo social e quanto menor for o nível de educação e de autonomia crítica na sociedade.

Público / 20080325
<< >>
 
Publicidade

Facebook
Publicidade

Publicidade

© Copyright 2003-2021 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE