Publicidade

Versos: Ode à Esperança

40 Versos

>>

"Vem, vem, doce Esperança, único alívio"
Autor - Filinto Elísio
//VER DETALHE
"Desta alma lastimada"
Autor - Filinto Elísio
//VER DETALHE
"Mostra, na c'roa, a flor da Amendoeira"
Autor - Filinto Elísio
//VER DETALHE
"Que ao Lavrador previsto"
Autor - Filinto Elísio
//VER DETALHE
"Da Primavera próxima dá novas"
Autor - Filinto Elísio
//VER DETALHE
"Vem, vem, doce Esperança, tu que animas"
Autor - Filinto Elísio
//VER DETALHE
"Na escravidão pesada"
Autor - Filinto Elísio
//VER DETALHE
"O aflito prisioneiro: por ti canta"
Autor - Filinto Elísio
//VER DETALHE
"Condenado ao trabalho"
Autor - Filinto Elísio
//VER DETALHE
"Ao som da braga, que nos pés lhe soa"
Autor - Filinto Elísio
//VER DETALHE
>>

Nota:
As rimas são obtidas com base nas últimas 3 letras da palavra, e não com base na fonética.
Publicidade

Facebook
Publicidade

Inspirações

Sorriso Contagiante

Publicidade

© Copyright 2003-2021 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE