Publicidade

Versos: Os Figos Pretos

54 Versos

>>

"- Verdes figueiras soluçantes nos caminhos"
Autor - António Nobre
//VER DETALHE
"Vós sois odiadas desde os seculos avós:"
Autor - António Nobre
//VER DETALHE
"Em vossos galhos nunca as aves fazem ninhos"
Autor - António Nobre
//VER DETALHE
"Os noivos fogem de se amar ao pé de vós"
Autor - António Nobre
//VER DETALHE
"- Ó verdes figueiras! ó verdes figueiras"
Autor - António Nobre
//VER DETALHE
"Á vossa sombrinha, nas tardes fagueiras"
Autor - António Nobre
//VER DETALHE
"Que bom que é amar"
Autor - António Nobre
//VER DETALHE
"- O mundo odeia-vos. Ninguem nos quer, vos ama:"
Autor - António Nobre
//VER DETALHE
"Os paes transmittem pelo sangue esse odio aos moços"
Autor - António Nobre
//VER DETALHE
"No sitio onde medraes, ha quazi sempre lama"
Autor - António Nobre
//VER DETALHE
>>

Nota:
As rimas são obtidas com base nas últimas 3 letras da palavra, e não com base na fonética.
Publicidade

Facebook
Publicidade

Inspirações

Dar e Receber

Publicidade

© Copyright 2003-2021 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE