Antoine Rivarol

França
23 Jun 1753 // 11 Abr 1801
Escritor

35 Citações

>>

O homem modesto tem tudo a ganhar e o orgulhoso tudo a perder: é que a modéstia tem sempre a ver com a generosidade e o orgulho com a inveja.
Quando uma pessoa má pratica o bem, pode avaliar-se por tal esforço todo o mal que prepara.
A inveja que fala e que grita, é sempre desastrada; a inveja que se cala, é a verdadeiramente temível.
Há momentos em que o governo perde a confiança do povo, mas não conheço momentos em que o governo possa confiar no povo. O povo concede o seu favor, nunca a sua confiança.
A moral forma um tribunal mais elevado e temível que o das leis. Quer ela que, não somente evitemos o mal, mas que pratiquemos o bem; não somente morramos virtuosos, mas que o sejamos; porque não se baseia na estima pública, a qual se deixa surpreender, mas abre a nossa própria estima, que nunca nos engana.
Nas grandes cidades, a inocência é o último banquete do vício.
É da familiaridade que nascem as amizades mais ternas e os ódios mais profundos.
Nada surpreende quando tudo surpreende: é o estado das crianças.
É mais fácil para a imaginação compor um inferno com a dor, que um paraíso com o prazer.
Circula no mundo uma inveja velocí­pede que vive de intriguinhas: chama-se maledicência. Diz estouvadamente o mal de que não tem certeza, e oculta o bem de que tem evidência.
>>
 

Facebook

© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE