Carlos Drummond de Andrade

Brasil
31 Out 1902 // 17 Ago 1987
Escritor/Poeta/Cronista

29 Citações

>>

Ninguém é igual a ninguém. Todo o ser humano é um estranho ímpar.
Só é lutador quem sabe lutar consigo mesmo.
Há vários motivos para não amar uma pessoa, e um só para amá-la; este prevalece.
Os homens são como as moedas; devemos tomá-los pelo seu valor, seja qual for o seu cunho.
Perder tempo em aprender coisas que não interessam, priva-nos de descobrir coisas interessantes.
O cofre do banco contém apenas dinheiro. Frustar-se-á quem pensar que nele encontrará riqueza.
Ser feliz sem motivo é a mais autêntica forma de felicidade.
Como as plantas a amizade não deve ser muito nem pouco regada.
A educação visa melhorar a natureza do homem o que nem sempre é aceite pelo interessado.
Há duas épocas na vida, infância e velhice, em que a felicidade está numa caixa de bombons.
>>
 
Pesquisa

Facebook

Que Todos os Dias Sejam Dias de Amor

João Brandão pergunta, propõe e decreta: Se há o Dia dos Namorados, por que não haver o Dia dos Amorosos, o Dia dos Amadores, o Dia dos Amantes? Com todo o fogo desta última palavra, que circula ent...

O Inseguro

A eterna canção: Que fiz durante o ano, que deixei de fazer, por que perdi tanto tempo cuidando de aproveitá-lo? Ah, se eu tivesse sido menos apressado! Se parasse meia hora por dia para não fazer ab...

Lutar com Palavras é a Luta Mais Vã

Lutar com palavras é a luta mais vã. Entanto lutamos mal rompe a manhã. São muitas, eu pouco. Algumas, tão fortes como o javali. Não me julgo louco. Se o fosse, teria poder de encantá-las. Mas lúcido...
Inspirações

Mudar a Opinião