Hippolyte(-Adolphe) Taine

França
21 Abr 1828 // 5 Mar 1893
Historiador/Crítico/Pensador

13 Citações



O homem honesto mente dez vezes por dia; a mulher honesta, vinte vezes; o homem do mundo, cem vezes. Nunca se pôde saber quantas vezes, por dia, mente uma mundana.
Na vida ou se abre caminho ou se cava a sepultura.
Gosto demais dos meus filhos para lhes dar vida.
Amar significa sofrer, não amar significa morrer.
A mulher desculpa tudo à excepção de uma coisa; que a abandonemos.
Pode considerar-se o homem como um animal de espécie superior, que produz filosofias e poemas pouco mais ou menos como os bichos-da-seda fazem os casulos e como as abelhas fazem as colmeias.
O crítico é um naturalista da alma.
A natureza do homem é composta de infinitas aspirações, que a nossa actual condição não pode satisfazer.
A «toilette» é uma espécie de expressão: o vestuário trai a pessoa.
A sociedade tem quatro variedades: os amantes, os ambiciosos, os observadores e os loucos. Estes são os mais felizes.
O génio é como um espelho do qual um lado recebe a luz e o outro é todo enrugado e enferrujado.

O Livro de Cristóvão Colombo
Aprende-se a conhecer por três semanas, ama-se por três meses, discute-se por três anos, tolera-se por trinta anos - e os filhos recomeçam.

Vie et Opinions de Frédéric-Thomas Graindorge
O humorista é quase sempre um homem pouco benevolente e nunca feliz.
 

Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE