Honoré de Balzac

França
20 Mai 1799 // 18 Ago 1850
Escritor

148 Citações

>>

É tão natural destruir o que não se pode possuir, negar o que não se compreende, insultar o que se inveja.

Serafita
O coração das mães é um abismo no fundo do qual se encontra sempre um perdão.
O homem morre a primeira vez quando perde o entusiasmo.
A alegria só pode brotar de entre as pessoas que se sentem iguais.
Deve-se deixar a vaidade aos que não têm outra coisa para exibir.
O amor é a única paixão que não admite nem passado nem futuro.
O tempo é o único capital das pessoas que têm como fortuna apenas a sua inteligência.
Todo aquele que contribui com uma pedra para a edificação das ideias, todo aquele que denuncia um abuso, todo aquele que marca os maus, para que não abusem, esse passa sempre por ser imoral.
O mal do nosso tempo é a superioridade. Há mais santos do que nichos.
Seja no que for, só se recebe na medida do que se dá.
>>
 
Pesquisa

Facebook

Lugares e Estados de Alma

A influência exercida sobre a nossa alma, pelos diferentes lugares, é uma coisa digna de observação. Se a melancolia nos conquista infalivelmente quando estamos à beira das águas, uma outra lei da no...

O Crime da Palavra

Nenhum código, nenhuma instituição humana pode prevenir o crime moral que mata com uma palavra. Nisso consta a falha das justiças sociais; aí está a diferença que há entre os costumes da sociedade e ...

Imoralidade Fatal

A acusação de imoralidade, que nunca faltou ao escritor corajoso, é aliás a última que resta a fazer quando não se tem mais nada a dizer a um poeta. Se fordes verdadeiro em vossas pinturas; se, à for...