Júlio Dinis

Portugal
14 Nov 1839 // 12 Set 1871
Médico/Escritor

31 Citações

>>

A loucura é inseparável do homem; umas vezes toma-lhe a cabeça e deixa-lhe em paz o coração, que nunca se empenha no desvairar a que ela é arrastada; outras vezes há na cabeça a frieza da razão e ao coração desce a loucura para o perturbar com afectos.
Há poucas coisas tão fatalmente contagiosas como a alegria das pessoas sérias.
Há aparências de dureza que ocultam tesouros de sensibilidade e de afecto.
Quando se não chora, parece que as lágrimas nos caem todas cá dentro e queimam; e o padecimento é então de morte.
Em todos os homens a consciência tem só uma maneira de ser. Reprova sempre o mal, aponta sempre a culpa.
Às vezes os sentimentos melancólicos trazem consigo algum prazer também, um prazer suave, íntimo, consolador.
Mais se aprende na leitura meditada de um só livro, de que no folhear, levianamente, milhares de volumes.
Ninguém sabe porque ama ou porque não ama. É uma coisa que se sente, mas que não se explica.
Em todas as separações tem mais amargo quinhão de dores o que fica, que o que vai partir.

As Pupilas do Senhor Reitor
O amor é um som que reclama um eco.
>>
 

Facebook

Inspirações

Viver Plenamente

© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE