Conta-Corrente IV

por: Vergílio Ferreira
Portugal
28 Jan 1916 // 1 Mar 1996
Escritor

48 Citações

>>

Há o desejo, que não tem limite, e há o que se alcança, que o tem. A felicidade consiste em fazer coincidir os dois.
Os outros. Não lhes abras a porta. E esquece, esquece. Têm o seu mundo de intrigas, estratégias, parceirismo, glórias fúteis, veneno. Sê tu apenas. Esquece.
Admiram-se às vezes certas pessoas de que um autor medíocre seja normalmente o triunfador do seu tempo. Mas o autor medíocre é que é admirado pelos medíocres. E a mediocridade é o que há de melhor distribuído pelos homens.
Salvar a vida, até onde é possível, mesmo à custa da morte. É o acto do suicida.
Só à distância se admira alguém, no tempo ou no espaço, porque nos não faz concorrência. Sinto que enfim começo a ser aceite. Sinal de que já vou sendo do passado.
A verdadeira amizade é a disponibilidade inteira de nós e só na juventude se está inteiramente disponível.
Não importa o que os outros fazem de nós, mas o que nós fazemos disso que os outros de nós fazem.
O indeciso e flexível da imaginação é sempre mais fascinante do que a nitidez do real.
O que se consegue no que se obtém é quase sempre a decepção. Não é que falte muitas vezes seja o que for nisso que se consegue. Mas falta a esperança ou o desejo de o conseguir.
Quem procura a glória não a merece, quem a merece não a procura.
>>
 

Facebook

.
© Copyright 2003-2017 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE