José Luís Nunes Martins

Portugal
n. 14 Mar 1971
Filósofo

61 Textos

>>

Ser Mãe é Aceitar. Tudo. (1)

Ser mãe é receber em si um outro que lhe vem de fora e acolhê-lo em vista de um futuro que pressente mas que, de maneira nenhuma, sabe explicar. Ser mãe é, antes de mais, aceitar. Tudo. Tudo.
...
Amor, silêncios e tempestades

Amar é arriscar. Tudo. (2)

O amor é algo extraordinário e muito raro. Ao contrário do que se pensa não é universal, não está ao alcance de todos, muito poucos o mantêm aqui. Chama-se amor a muita coisa, desde todos os seus fin...
Filosofias

A Morte que Trazemos no Coração (3)

É no coração que morremos. É aí que a morte habita.

Nem sempre nos damos conta que a carregamos connosco, mas, desde que somos vida, ela segue-nos de perto. Enquanto não somos tomado...
Filosofias

A Minha Família é a Minha Casa (4)

A solidão absoluta é não ter ninguém a quem dizer um simples: “tenho vontade de chorar”. Não precisamos de muito para viver bem – para ser feliz basta uma família e pouco mais.

A fa...
Amor, silêncios e tempestades

O Dom de Deixar Ir (5)

É preciso aprender a viver. A qualidade da nossa existência depende de um equilíbrio fundamental na nossa relação com o mundo: apego e desapego. Nesta vida, a ponderação, a proporção e a subtileza sã...
Amor, silêncios e tempestades

Aprender a Ceder (6)

Aos sonhos, como aos pesadelos, chega sempre a hora de acordar. É essencial compreender a realidade, viver de olhos abertos, acolher a simplicidade da vida antes de querer resolver a complexidade do...
Filosofias

O Amor não se Promete (7)

Há uma distância fundamental entre as palavras e os gestos de cada homem. As palavras prometem mundos, os gestos constroem-nos. As palavras esclarecem pouco, os gestos definem quase tudo.
...
Amor, silêncios e tempestades

A Razão da Minha Esperança (8)

Meu bom amigo,

Sei que tens sofrido bastante.

Não posso esquecer que um dia me ensinaste: que leal é quem não abandona; que devemos procurar ser pessoas dignas de co...
Amor, silêncios e tempestades

O Sentido Trágico do Amor (9)

Todo o homem tende naturalmente para o amor. Acontece que o conceito comum de amor corresponde de forma quase universal a uma ideia genérica, ambivalente e, tantas vezes, errada, porque tão irreal. ...
Filosofias

Depois de Chorar (10)

Não é a tristeza que nos faz chorar, mas o amor que enfrenta os vazios. As angústias e desesperos são expressões de falta.
   
As lágrimas que de nós brotam e caem long...
Amor, silêncios e tempestades
>>

Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE