Header load Poema: Fachadas - Tomas Transtromer - Poesia / Poemas no Citador
 
 
 

Tomas Transtromer

Suécia
15 Abr 1931 // 26 Mar 2015
Poeta/Tradutor [Nobel 2011]

Fachadas

I

Ao fim do caminho vejo o poder
Lembra uma cebola
com rostos sobrepostos
que vão caindo uns após outros…

II

Os teatros esvaziam-se. É meia-noite.
Letreiros flamejam nas fachadas.
O mistério das cartas sem resposta
afunda-se por entre a fria cintilação.

Tomas Tranströmer
Traducão para português por Luís Costa

// Consultar versos e eventuais rimas




Outros Poemas de Tomas Transtromer:

1. Lisboa
2. Funchal
3. Fachadas
4. Novembro
5. A Neve Cai

Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE