Header load Poema: no obscuro desejo - Vasco Graça Moura - Poesia / Poemas no Citador
 
 
 

Vasco Graça Moura

Portugal
3 Jan 1942 // 27 Abr 2014
Escritor/Poeta/Ensaísta/Tradutor/Político

no obscuro desejo

no obscuro desejo,
no incerto silêncio,
nos vagares repetidos,
na súbita canção

que nasce como a sombra
do dia agonizante,
quando empalidece
o exterior das coisas,

e quando não se sabe
se por dentro adormecem
ou vacilam, e quando
se prefere não chegar

a sabê-lo, a não ser,
pressentindo-as, ainda
um momento, na aresta
indizível do lusco-fusco.

Vasco Graça Moura, in "Antologia dos Sessenta Anos"
// Consultar versos e eventuais rimas




Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE