Publicidade

Miguel Torga

Portugal
12 Ago 1907 // 17 Jan 1995
Escritor/Poeta

Publicidade

As Atracções Inferiores

Faz pena. A gente elege entre trinta mil almas meia dúzia de indivíduos para conviver, e, afinal, chega perto deles a defender uma pureza política, uma pureza profissional, uma pureza sexual, e caem sobre nós mil argumentos dum pragmatismo dúbio, suspeito, que confrange. Longe de se receber estímulo para combater as tentações, encontra-se um escorregadoiro conivente para o abismo delas. — É o meio — repito de cada vez, a tentar iludir-me. Mas é inútil vendar o olhos. Até o meio geográfico se pode vencer, quanto mais o meio social. Na luta contra as atracções inferiores do ambiente humano é que está precisamente a beleza duma vida. O meio! Eles é que são o meio, assim perdidos, duplos, comprometidos com a podridão até à raiz.

Miguel Torga, in "Diário (1943)"




Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook
Publicidade

Inspirações

Um Estranho Ímpar

Publicidade

© Copyright 2003-2021 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE