53 Textos

<< >>

Somos Iguais Hoje ao que Fomos Outrora (11)

- Eu também aprecio os livros de História. Ensinam-nos que, basicamente, somos iguais hoje ao que fomos outrora. Pode haver diferenças insignificantes em termos de vestuário e de estilo de vida, mas ...

Morrer por Falta de Amor (12)

A maior doença no Ocidente hoje em dia não é a tosse convulsa ou a lepra; é não se ser desejado, não se ser amado, e abandonado. Nós podemos curar doenças físicas com a medicina, mas a única cura par...

A História da Humanidade é um Desastre Contínuo (13)

A história da humanidade é um desastre contínuo. Nunca houve nada que se parecesse com um momento de paz. Se ainda fosse só a guerra, em que as pessoas se enfrentam ou são obrigadas a se enfrentar......

O Bom e o Mau em Todos Nós (14)

Atrever-me-ia a dizer que há alguma coisa de intrinsecamente bom em todos os seres humanos, que, entre outras coisas, tem origem no atributo de consciência social que todos possuímos. E, sim, também ...

O Dinheiro Atrai o Egoísmo (15)

Estou firmemente convencido de que nem todas as riquezas do Mundo poderiam fazer progredir a Humanidade, mesmo que se encontrassem na mão de um homem tão dedicado quanto possível à causa do progresso...

A Força Esmaga a Fraqueza (16)

O desbarato mais absurdo não é o dos bens de consumo, mas o da humanidade: milhões e milhões de seres humanos nasceram para ser trucidados pela História, milhões e milhões de pessoas que não possuíam...
Cadernos de Lanzarote II

Símios Aperfeiçoados (17)

É preciso viver em estado de prevenção. Não ir na enxurrada do colectivismo e morrer afogado num bairro económico ou numa colónia balnear, resistir às pressões políticas mirabolantes, quer sejam de u...

A Estupidez e a Maldade Humana (18)

Vista à distância, a humanidade é uma coisa muito bonita, com uma larga e suculenta história, muita literatura, muita arte, filosofias e religiões em barda, para todos os apetites, ciência que é um r...
Cadernos de Lanzarote II

A Regra de Ouro (19)

A regra de ouro consiste em rejeitar resolutamente a posse daquilo que milhões de pessoas não podem ter. Essa capacidade de rejeição não se alcançará repentinamente. A primeira coisa a fazer é cultiv...

O Homem não Deseja a Paz (20)

Que estranho bicho o homem. O que ele mais deseja no convívio inter-humano não é afinal a paz, a concórdia, o sossego colectivo. O que ele deseja realmente é a guerra, o risco ao menos disso, e no fu...
Conta-Corrente IV
<< >>

Facebook

© Copyright 2003-2019 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE