Publicidade

Jorge Luis Borges

Argentina
24 Ago 1899 // 14 Jul 1986
Escritor/Poeta/Ensaísta

Publicidade

O Suicida

Não restará na noite uma só estrela.
Não restará a noite.
Morrerei e comigo irá a soma
Do intolerável universo.
Apagarei medalhas e pirâmides,
Os continentes e os rostos.
Apagarei a acumulação do passado.
Farei da história pó, do pó o pó.
Estou a olhar o último poente.
Oiço o último pássaro.
Lego o nada a ninguém.

Jorge Luis Borges, in "A Rosa Profunda"
// Consultar versos e eventuais rimas




Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook
Publicidade

Inspirações

As Nossas Portas

Publicidade

© Copyright 2003-2021 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE