Publicidade

Pedro Tamen

Portugal
n. 1 Dez 1934
Poeta/Tradutor

Publicidade

Quero-te de Branco, Meu Amor

Quero-te de branco,
ou antes, modelada
nas roupas que cosesses
das bonecas, nos saltos,
nos baloiços, nos degraus
de uma porta qualquer donde saísses.
Quero-te de branco e intocada,
carregada porém dos anos buliçosos
e das vidas ausentes.
De branco, meu amor,
e de tão branco
que me desses o mundo em luz de sol.

Pedro Tamen, in “Rua de Nenhures”




Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook
Publicidade

Inspirações

A Hora Mágica

Publicidade

© Copyright 2003-2021 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE