Publicidade

Will Durant

Estados Unidos
5 Nov 1885 // 7 Nov 1981
Filósofo/Historiador

Publicidade

A Moralidade dos Homens Exaustos

Parte do conservantismo da idade madura decorre da inteligência, que afinal percebe a complexidade das instituições e as imperfeições do desejo; e parte vem do enfraquecimento das energias, o que explica a imaculada moralidade dos homens exaustos. A princípio com incredulidade, depois com desepero, vamos percebendo que o nosso reservatório de energia já não se enche com a facilidade antiga; ou, como disse Schopenhauer, começamos a consumir o capital em vez da renda do capital. Essa descoberta anuvia por alguns anos o homem maduro e indu-lo a deblaterar contra a brevidade da vida e a impossibilidade de realização de grandes obras. Está ele já no alto da colina, de onde vê, lá no fundo, o fim inevitável - a morte. Até aquele momento não admitia a morte, só pensando nela como um tema académico, de desinteresse para os cofres. Subitamente tudo muda e começa a vê-la de perto, e por mais que se esforce para não descer a colina, há que descê-la. Os seus olhos voltam-se para o passado, para os dias em que tudo era ascensão descuidosa; e compraz-se na companhia dos moços e crianças porque deles haure, passageira e incompletamente embora, um pouco do divino esquecimento da morte.
E por essas razões os anos maduros só encontram felicidade no trabalho e nos filhos. As esperanças loucas da juventude degeneram no paciente e calmo trabalho do homem que, como Sancho Pança, prefere uma ilhota no mediterrâneo a todo um continente na Utopia.

Will Durant, in "Filosofia da Vida"




Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook
Publicidade

Inspirações

Ser Autêntico

Publicidade

© Copyright 2003-2021 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE