Publicidade

Gustavo Santos

Portugal
n. 27 Mai 1977
Life Coach

Publicidade

És Feliz?

Só há uma forma de seres feliz: tens de fazer por isso.

És feliz? Queres ser? Fazes alguma coisa por isso?

Se fores, maravilha, transportas a belíssima responsabilidade de inspirar os outros a sê-lo também. Se ainda não és, mas queres sê-lo, o que tens feito por isso? Andas a respeitar-te mais vezes? A lutar pela vivência das tuas vontades? Andas mais perto da natureza? Já consegues dizer mais vezes aquilo que sentes e aquilo que pensas? Já não pões sempre os outros à tua frente? Começaste a cuidar do teu corpo e da tua alimentação? Reduziste os vícios? Se sim, fantástico. Parabéns! Gosto muito de pessoas felizes, mas a minha admiração vai toda para aqueles que, não o sendo ainda, lutam todos os dias para o ser, pela autodescoberta que os fará referência na vida de todos aqueles que os rodeiam. Agora, e por outro lado, se não tens andado a fazer nada disto nem nada semelhante, mais vale assumires que, afinal, ser feliz não é uma vontade tua. E está tudo bem na mesma. Apenas te peço, em nome da comunidade dos seres humanos que querem viver e desfrutar desta amável oportunidade que nos foi dada de aqui estar, que não nos peses às costas com a tua desresponsabilização, vitimização, cobranças e afins. Se não queres caminhar connosco, não rastejes ao nosso lado a pedir misericórdia. Ama-te primeiro, dá-nos pelo menos um sinal de vida e vontade de mudança, para que possas receber todo o nosso amor.

É que se há coisa que não cai do céu é mesmo a felicidade, para tê-la não adianta ficar à espera que as coisas mudem ou que os outros encontrem as melhores soluções para nós, é preciso conquistá-la, lutar por ela como se não houvesse mais nada. E não há.

Não há mesmo. Uma pessoa feliz é tudo. É liberdade, é amor, é paixão, é prazer, é respeito, é compaixão, é perdão, é aceitação, é assertividade, é sensibilidade, é confiança, é tudo. E tudo é o mínimo que merecemos, mas para o merecer temos de fazer por isso. Temos mesmo de fazer por isso, de furar os protocolos do suposto onde ninguém é feliz, ainda que muitos já tenham conseguido criar formas absolutamente dissimuladoras de felicidade, e arriscar, e dar-nos ao momento, e perseguir os nossos sonhos, e filtrar quem deve e não deve estar na nossa vida e por aí adiante.

Sê feliz. Não estás aqui para ser outra coisa.

Gustavo Santos, in 'Ama-te'




Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook
Publicidade

Inspirações

Um Estranho Ímpar

Publicidade

© Copyright 2003-2021 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE