Publicidade

Carlos de Oliveira

Portugal
10 Ago 1921 // 1 Jul 1981
Escritor

Publicidade

Infância

Sonhos
enormes como cedros
que é preciso
trazer de longe
aos ombros
para achar
no inverno da memória
este rumor
de lume:
o teu perfume,
lenha
da melancolia.

Carlos de Oliveira, in 'Cantata'
// Consultar versos e eventuais rimas




Publicidade

Publicidade

Outros Poemas de Carlos de Oliveira:

Publicidade

Facebook
Publicidade

Inspirações

Iluminar a Vida

Publicidade

© Copyright 2003-2021 Citador - Todos os direitos reservados | SOBRE O SITE